II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ibiassucê discute Proteção Integral, Diversidade e Violências

A participação de adolescentes e trabalhadores das políticas setoriais foi importante para a elaboração de propostas e discussão de políticas públicas

Por Augusto Jackson/ASCOM

Ocorreu na última quinta-feira (01/11) a II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ibiassucê, com a participação de crianças, adolescentes, trabalhadores de políticas setoriais, população do município e representantes do Sistema de Garantia de Direitos. A realização foi do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), com o apoio das Secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde. O tema discutido – Proteção Integral, Diversidade, e Enfrentamento às Violências, foram diretriz para a elaboração de propostas nos grupos de trabalho.

A conferência aconteceu das 07h às 14h, e teve em sua programação apresentações culturais (de alunos do Programa Mais Educação – Escola Professora Helena Santos e do Projeto Tocando e Transformando do Serviço de convivência e fortalecimento de Vínculos), painel sobre a situação das crianças e adolescentes do município apresentado pelo Conselho Tutelar, e a Conferência Magna com o tema – “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências” com o Juiz de Direito Dr. Antônio Carlos do Espirito Santo Filho.

Os grupos de trabalho foram divididos conforme eixos-temáticos: Eixo I: Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; Eixo II: Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes; Eixo III: Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; Eixo IV: Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; Eixo V: Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Criança e Adolescentes.

 

Ao final da plenária as propostas foram apresentadas e colocadas em apreciação para aprovação, aconteceu também à eleição dos delegados municipais para a Conferência Territorial dos Direitos das crianças e Adolescentes.