Secretaria de Saúde apresenta Relatório de Gestão do exercício de 2017

Foi apreciado e aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde

A Secretaria de Saúde de Ibiassucê apresentou ao Conselho Municipal de Saúde, no final do ano de 2017, o RAG – Relatório Anual de Gestão, que foi aprovado pela resolução CMS nº 03/2017. Neste documento foi relatado o resumo do trabalho realizado no município, apurado a partir dos sistemas de informação, no que diz respeito aos serviços de saúde prestados.Trata também do perfil socio epidemiológico e as informações sobre os recursos financeiros e orçamento que subsidiaram a assistência à saúde em Ibiassucê.

No relatório é apresentando por exemplo, que a população de referência para análise (9.607) é menor do que a que realmente é atendida (10.183). Isso se dá pelo motivo de que Ibiassucê recebe habitantes de municípios vizinhos que são beneficiados com os serviços de saúde. Isso tem elevado as despesas com esses serviços. Outro dado é que a população idosa têm aumentado ano a ano e que também acarreta aumento de gastos da saúde.

A partir de análise de dados, o relatório destaca que as principais causas de morte continuam sendo por doenças crônicas não transmissíveis. E aponta que é necessário o foco na promoção e prevenção para reduzir as complicações. Existe ainda uma maior prevalencia de doenças infecciosas e parasitárias como principais causas de internamento. Isso se deve às condições sanitárias precárias do município. Há ainda uma melhora no que diz respeito às doenças como hipertensão, diabetes e doenças respiratórias devido à ação das Equipes de Saúde da Família ao longo dos anos.

Os recursos financeiros aplicados à saúde estão maiores que o percentual mínimo, e isso se deve à necessidade de oferecer uma assistência maior à população. Os serviços não são ofertados pelo municípios e nem pelo Estado. A prefeitura têm garantido a continuidade dos serviços de saúde através de recursos próprios, e mesmo os recursos federais repassados ainda são insuficientes.

O relatório é concluído ressaltando os avanços dos indicadores, ampliação do número de atendimentos especializados e do atendimento hospitalar com realização de cirurgias eletivas, e também o aumento de partos normais e cesarianas realizados. Houve muitas mudanças na gestão e na atenção básica, e por fim a priorização de profissionais qualificados desde a atenção primária até os serviços mais complexos.

Abaixo estão os procedimentos realizados em 2017:

PROCEDIMENTOS MARCADOS PELA SECRETARIA DE SAÚDE ANO 2017

  PROCEDIMENTO QUANTIDADE
1. MAMOGRAFIA 639
2. DENSIOMETRIA 12
3. CIRURGIA GERAL (fora do município) 43
4. CIRURGIA DE CATARATA 39
5. PRÉ- NATAL DE RISCO 42
6. ENDOSCOPIA 12
7. CARDIOLOGISTA 85
8. MASTOLOGISTA 16
9. ANGIOLOGISTA 15
10. OTORRINO 49
11. ELETROENCEFALOGRAMA 12
12. DERMATOLOGISTA 60
13. ENDOCRINOLOGISTA 35
14. NEFROLOGISTA 8
15. OFTALMOLOGISTA 60
16. NEUROLOGISTA 205
17. PROCTONOLOGISTA 08
18. CONSULTA PNEUMOLOGISTA 15
19. RAIO-X COM LAUDO 22
20. CONSULTA PRÉ-ANESTÉSICA 05
21. CONSULTA ONCOLOGISTA 20
22.  CONSULTA PNEUMOPEDIATRA 08
23. CONSULTA GASTRO 14
24. PAQMETRIA 159
25. CAMPIMETRIA 159
26. HOLTER 03
27. CONSULTA NEUROPEDIATRA 12
28. MAPEAMENTO DE RETINA 01
29. BIOMETRIA ULTRASSÔNICA 01
30. MICROSCOPIA ESPECULAR 01
31.  CONSULTA BUCO MAXILO FACIAL 01
32. CIRURGIA VASCULAR 04
33. ULTRASSONOGRAFIA 1004
34. CONSULTA PSIQUIATRICA 503
35. CONSULTA GINECOLOGICA 632
36.  CONSULTA ORTOPEDICA 629
37. TOMOGRAFIA 80
38. RESSONÂNCIA 30
39. ATENDIMENTO DE GLAUCOMA 972
40. CIRURGIA BUCO-MAXILO 01
41.  CONSULTA UROLOGICA 604

 

PROCEDIMENTOS MARCADOS PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE EM VITÓRIA DA CONQUISTA

ANO 2017

PROCEDIMENTO QUANTIDADE
CIRURGIA DE ANGIOPLASTIA 02
ESTUDO ESFISIOLOGICO 01
MARCA PASSO 02
CIRURGIA GERAL 12
TOMOGRAFIA 12
RESSONÂNCIA 08
ULTRASSONOGRAFIA 15
RAIO-X 22
CONSULTAS ORTOPEDICAS 37
CIRURGIAS ORTOPEDICAS 12

 

PROCEDIMENTOS MARCADOS PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE EM CAETITÉ

ANO 2017

PROCEDIMENTO QUANTIDADE
CIRURGIAS ORTOPEDICAS 16
CIRURGIA UROLOGICA/GERAL 44

 

SERVIÇOS OFERECIDO NO HOSPITAL MUNICIPAL SÃO SEBASTIÃO ANO 2017

PROCEDIMENTO QUANTIDADE
Internamentos 1149
Consulta ambulatorial 7.717
Procedimentos ambulatoriais 5.609
Pequenas cirurgias 89
Exames laboratoriais 4.444
ECG 1.250
Raio X 1.990
USG 390
Fisioterapia consulta 1.178
Fisioterapia atendimento 6.132
Fonoaudiologia 403
Pediatria 1.181
Ginecologia 436
Psiquiatria 458
Neurologia 72
Ortopedia 1.078
Urologia 877
Cirurgia geral 64
Partos 150
Partos normais 80
Partos cesáreos 65

 

PARTOS REALIZADOS NO HOSPITAL SÃO SEBASTIÃO 2017

CIDADE PARTOS TOTAL
Ibiassucê N- 44

C- 35

79
Lagoa Real N -16

C – 20

36
Rio do Antônio N – 20

C – 06

26
Guajeru N -04

C – 03

07
Caculé N – 01

C – 01

02
Total Normal: 85

Cesário: 65

150

 

O relatório anual de gestão do ano 2017 está disponível no link a seguir: RAG 2017 – SAÚDE


Arte da Capa e Texto: Jhow Abreu – ASCOM

Informações: Secretaria Municipal de Saúde

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.